Praça Presidente Tancredo de Almeida Neves, 30, São Valentim - RS - 99640-000
Horário de funcionamento das 08:00 às 11:45 e 13:30 às 17:00
54 3373 1206/1507/1246
Histórico


DADOS HISTÓRICOS DO MUNICÍPIO DE SÃO VALENTIM

 

 

                    O município de São Valentim foi criado pela Lei 3.724, de 17 de fevereiro de 1959, com área de 550 km quadrados, abrangendo as regiões pertencentes aos municípios de Entre Rios do Sul, Faxinalzinho e Benjamin Constant do Sul. A colonização e povoamento da sede convergiu dos dois extremos da área pertencente a São Valentim até o ano de 1988. Na faixa norte, região do Votouro, indígenas das tribos Kainganges e Guarani, migraram da região central da América do Sul, ocupam 100 colônias e ali se estabeleceram ainda no século 18.

                    Na segunda metade do século XIX, o Votouro e adjacências passou a receber migrantes da região de Nonoai, onde o Passo do Goio-En servia de passagem para os tropeiros de mulas que se deslocavam entre o rio Grande do Sul e a feira de Sorocaba em São Paulo. A região mais próxima de Erechim foi acessada através da região da Vila Ungre (Campinas do Sul) e Floresta (Barão de Cotegipe).

                    Os primeiros moradores do primitivo núcleo habitacional localizado a beira da estrada que liga Erechim a Nonoai, na linha sete, II Secção Cravo - atual São Valentim, foram João Saroli, Pedro Meneghetti. Já existiam algumas famílias, entre elas, Setembrino Alves, descendentes de italianos e portugueses, tinha terras na região de Vista Alegre. Setembrino era gaiteiro e se orgulhava de tocar um instrumento que  garantia ter recebido das mãos do empresário Tulio Veronese, fabricante de acordeon em Bento Gonçalves. e  João Dendena, agricultor, descendentes de italianos.

                    O povoado de São Valentim começou a se desenvolver com a chegada dos irmãos, Ártico e Nulli Marcos Faé; Antônio Moro, Alberto Deboni, Antônio Pascoal, José Rampanelli, Ângelo Baldissera; os comerciantes, irmãos Zaffari e irmãos Sonda. Em 1920 foi construída a primeira capela dedicada a São Valentim. Em 1924, a escola particular subvencionada pelo município de Erechim, atendida pela professora Marieta Padoin. O Dr. Salim Farret foi o primeiro médico, chegando em 1930.

                    Em 1923 o Rio Grande do Sul vivia mais uma revolução e o território de São Valentim foi palco de alguns confrontos. Os moradores assistiram muitas vezes a passagem de forças revolucionárias (de Assis Brasil) e governistas (de Borges de Medeiros). Em Votouro foi organizado um contingente evolucionário comandado pelo capitão José (Zeca) Ferreira. Num confronto que manteve com forças legalistas dia 3 de março de 1023, Zeca Ferreira derrotou o capitão Jaime José Machado.

                    Em 19 de setembro, novamente em Votouro, o coronel rebelde João Bento de Souza foi derrotado pelo governista Tenente Coronel Edmundo Dalmácio de Oliveira, que após a vitória rumou para Erechim onde ocupou a vila. Mais tarde São Valentim voltaria a sediar movimentos revolucionários. Desta vez envolvendo Gaudêncio dos Santos e João Inácio, no Tapir e Vau Feio, respectivamente.

 

 

10º DISTRITO DE ERECHIM

 

                    Em 1931, São Valentim alcançou a categoria de 10º Distrito de Erechim, tendo sido nomeado Márcio de Oliveira como primeiro sub-prefeito. Mais tarde o sub-prefeito sofreria um atentado a dinamite. Como Juiz Distrital foi indicado o Capitão João A. Sicolli, e para Escrivão, Pedro Antônio Alves. Ocuparam também o cargo de sub-prefeito: Pedro Oldra e Idalécio dos Santos. Outros juizes distritais nomeados ao longo dos anos: João Marcon, Waldemar Cabral Vieira e José da Costa. Pedro Alexandre Zaffari (que foi vice-prefeito de São Valentim e vice-prefeito de Erechim em duas oportunidades), Ângelo Sonda, Domingos Zanco, Danilo Oltramari, Severino Beal, Reno Cominetti.

                    No ano de 1944 foi criada a paróquia de São Valentim, por Decreto Eclesiástico assinado em 13 de fevereiro. O padre Estevão Maurício Wonsowski foi o primeiro vigário, indicado pela Diocese de Erechim.

                    O progresso de São Valentim levou as lideranças encaminharem o processo de emancipação. O território de São Valentim tinha além da antiga comunidade do Votouro, Vila Alegre, na margem do Rio Passo Fundo, Faxinalzinho em franco desenvolvimento depois da construção da estrada entre Linha São João, Nonoai e Benjamin Constant. A área pretendida pelo município tinha 550 quilômetros quadrados e população expressiva, com cerca de 15 mil pessoas, produzindo no meio rural e sedes dos distritos. Possuía toda a infra-estrutura para se desmembrar de Erechim.

                    Após exitosa mobilização o município foi emancipado pela Lei Estadual nº 3.724 de 17 de fevereiro de 1959 e instalado em 6 de junho com a posse do primeiro prefeito eleito, Dr. Salim Farret.

                    Após a emancipação a região entrou em desenvolvimento, sustentado pela suinocultura, pecuária, trigo, milho, feijão, soja. Na década de 70 seria construída nos limites da fronteira de São Valentim, a Usina Hidrelétrica do Rio Passo Fundo, que mudou o perfil da região, acelerando o progresso de Vila Alegre.

                    Cerca de 30 anos após a emancipação de Erechim, São Valentim seria dividido em quatro partes. O desenvolvimento levou as comunidades como Vila Alegre, Faxinalzinho, Benjamin Constant e Vila Palmeira a pensar em desmembramento e vida política-econômica independente.

                    Em 1987 teve início o movimento que emancipou Vila Alegre e Faxinalzinho no ano seguinte, tendo os prefeitos tomando posse em janeiro de 1989. Vila Alegre se transformou em Entre Rios do Sul, entrando num processo de desenvolvimento assim como Faxinalzinho. Quatro anos mais tarde, em 1992, foi a vez de Benjamin Constant e Vila Palmeira encaminharem o processo de emancipação logrando êxito e empossando o 1º prefeito de Benjamin Constant do Sul em janeiro de 1997.

                    Dos 550 km2 de território emancipado em 1959, restam hoje ao município, 154km2 quadrados. Mas, como diminuiu a área, São Valentim ganhou em importância, pois passou a condição de líder natural da região dos municípios emancipados e outros lindeiros.

                     No dia 11 de novembro de 1998, o CER CARAMURU, um clube tradicional da cidade, prepara seu aniversário de 50 anos que será celebrado em 03 de março de 1999, trazendo para o dia todos os ex-presidentes para uma grande festa de resgate da história não somente do Clube como também do município, pois nos primeiros anos as próprias reuniões da Prefeitura realizavam-se nas dependências do Clube. O primeiro presidente foi Caetano Sonda e a primeira Rainha, Tereza Coppini.

                     Em 1999, mais precisamente em 06 de junho, São Valentim completa 40 anos de emancipação político-administrativa. A cidade recebe em 40 anos uma pista asfáltica, e um calçadão juntamente com uma belíssima praça formando o conjunto do centro da cidade.

                    A população vive a expectativa da conclusão da pavimentação da RST 480, que no final do ano de 1998 chegou até a cidade ligando este município ao Estado de Santa Catarina rumo ao centro do País e o mesmo quando concluído facilitará o acesso à cidade de Erechim que para nós sãovalentinenses é o polo referencial tanto para o comércio, como para a indústria, saúde e educação.

                    No ano de 2009, a Lei Municipal 2.291, de 13 de novembro declara como Feriado Municipal a data de 17 de fevereiro. Desta forma, a comemoração do dia do Município que até então era feita em 06 de junho, data de posse do primeiro prefeito – Salim Farret, passa a ser comemorada em 17 de fevereiro, data de criação do município.

 

         

ADMINISTRAÇÃO DE SÃO VALENTIM/ Mandatos Políticos/Administrativos

 

1º -     Prefeito       - Salim Farret                           1959 - 1964

          Vice             – Pedro Zaffari

         

          2º -    Prefeito      - Giacomo Domenico Zaffari      1965 - 1968          

                    Vice             - José Dalagnol

                             

3º -    Prefeito      - Romualdo Roque de Marco       1969 - 1972

           Vice            - Augusto Vaccaro

                   

4º -    Prefeito       - Antonio Casagrande                 1973 – 1976

          Vice             - Pedro Signor

           

5º -    Prefeito       - Pedro Signor                           1977 – 1982

          Vice             - Alcides Dalla Rosa

         

6º -    Prefeito       - Albertinho Dassoler                1983 – 1988

          Vice             - Alexo Domingos Seco

           

7º -    Prefeito       - Antonio Casagrande                 1989 - 1992

          Vice             - Carlos Vaccaro

         

8º -    Prefeito       - Albertinho Dassoler                1993 - 1996

          Vice             - Ari José Gasparetto

         

9º -    Prefeito       - Sérgio Bigolin                          1997 – 2000

          Vice             - Celso Tonatto

         

10º - Prefeito       - Sérgio Bigolin                         2001  - 2004           

       Vice             - Celso Tonatto

 

11º - Prefeito         - Antonio José Zanadréa           2005 – 2008

          Vice             - Genoir Conci

         

12º - Prefeito        - Antonio José Zanadréa           2009 – 2012

          Vice             - Valdir Remus

 

13º - Prefeito        - Cleomar João Scandolara        2013-2016

          Vice             - Valdir Remus

14º -Prefeito          -Cleomar João Scandolara         2017-2020

            Vice             -Clacir Paulo Rigo

 

DADOS CADASTRAIS DE SÃO VALENTIM – RIO GRANDE DO SUL – BRASIL

 

POPULAÇÃO DE SÃO VALENTIM

 

 

ATUAL: 3.632 hab. (IBGE/2010)

 

DENS. DEMOGR. 23.58hab./km

 

 

CARACTERIZAÇÃO GEOGRÁFICA

 

SITUAÇÃO:

Zona fisiológica: Cordilheira da Serra Geral, Região do Alto Uruguai.

 

Limites:                  AO NORTE: Municípios de Benjamin Constant do Sul e Erval Grande;

                                   AO SUL: Municípios de Campinas do Sul e Ponte Preta;

                              AO LESTE: Municípios de Barão de Cotegipe e Itatiba do Sul;

                              AO OESTE: Município de Entre Rios do Sul.

 

Latitude:    27º 32’ 54” S

Longitude: 52º 31’ 11” W

 

 

Distância da Capital do Estado: Linha reta 290km2 e Via Rodov. 392km2

 

Distância da Cidade de Erechim: Via Rodov. 30 Km

 

Distância do estado de Santa Catarina: Via Rodov. 45 Km

 

Relevo: Terreno bastante inclinado

 

Clima:   Temperatura média    25º C

            Temperatura máxima 33º C

             Temperatura mínima 0,5º C

 

Solo: Arenoso e franco-argiloso.

 

Vegetação: Culturas diversificadas, gramíneas nas invernadas e pouca mata.

Altitude: 836m acima do nível do mar

 

Área do município: 154km2

 

Micro-região: Alto Uruguai

 

Características Econômicas: Agrícola

 

Associação de Municípios: Associação dos Municípios do Alto Uruguai (AMAU), Cidade de Erechim como pólo central.

 

Aniversário do Município: 17/02/1959

 

Prefeito: Cleomar João Scandolara

Vice - Prefeito: Clacir Paulo Rigo

  • Copyright © 2013-2016 - Prefeitura de São Valentim. Todos os direitos reservados.